A masturbação é quando um homem toca seu pênis para conseguir prazer sexual, ou no caso das mulheres, é a estimulação da vulva, seios ou clitóris. Não faz nenhum dano à saúde, exceto se for feito de forma descontrolada, repetidas vezes. A masturbação é uma forma natural de explorar o próprio corpo.

Apesar de ser natural, muitas pessoas sentem vergonha ou constrangimento de falar sobre o assunto. Isso pode ocorrer devido à forma como a pessoa foi criada.

Alguns acham que somente pessoas que não têm um cônjuge se masturbam, mas isso não é verdade, muitas pessoas na vida adulta que têm um parceiro, se masturbam. Pensar que essas pessoas são depravadas e incapazes sexualmente não é verdade.

Mas um dos benefícios da masturbação é aumentar o desejo sexual do casal e até mesmo ajudar na impotência sexual, veja mais sobre esse assunto, aqui.

Mitos sobre a masturbação

Desde os tempos antigos, as pessoas não queriam que o costume de se masturbar, se tornasse popular. Por isso surgiram vários mitos para assustar quem desejasse fazer isso.

Masturbação faz crescer pelos nas mãos

Esse é um mito dos mais antigos. Criado pelos pais, para assustar os filhos e impedir que eles se masturbassem. Porém não tem fundamento algum.

O ato não tem como fazer crescer pelos nas mãos, o que acontece é normalmente os adolescentes têm uma maior tendência em se masturbar, devido aos hormônios e mudanças que estão ocorrendo no corpo. A adolescência é a época em que os pelos corporais começam a surgir, mas esse fato não tem nada a ver com a masturbação. Então ter medo de que alguém olhe para sua mão e lhe julgue não precisa existir.

A masturbação faz nascer seios

Se isso fosse verdade não precisaria existir cirurgias plásticas. O peito, tanto em homens quanto em mulheres, cresce naturalmente, e não se pode fazer nada para aumentar a velocidade do crescimento.

A masturbação não altera em nada o crescimento dos seios e nem de outra coisa. O que acontece novamente é que essa mudança corporal ocorre na adolescência e as pessoas conectam as mudanças às ações, mas isso não é realístico.

Causa espinhas

Definitivamente não. Assim como os outros é apenas mais um mito para assustar as pessoas. Na verdade ao invés de causar espinhas a masturbação pode até mesmo diminuir a quantidade delas. Visto que ao se masturbar o corpo libera endorfina, que é o hormônio responsável por gerar sensação de bem-estar no organismo.

Faz mal a saúde

Também não é verdade. A masturbação pode ser compara à qualquer outra atividade sexual, e as consequências para o organismo são bem parecidas. Talvez se torne um problema quando a pessoa deixa de fazer outras atividades para ficar se masturbando.

Pode dificultar a gravidez

Não tem nada a ver. Inclusive a masturbação pode ajudar a mulher engravidar. Isso acontece porque quem pratica isso, conhece melhor o seu corpo, sabe diferenciar quais são os pontos que mais lhe causam prazer. Sem contar que quem se masturba se diverte mais durante o sexo.

Quem se masturba tem o pênis maior

Isso não pode ser verdade, pois as características físicas são geneticamente determinadas, além dos fatores biológicos. Até mesmo no momento do nascimento o menino recebe nutrientes que vão definir o desenvolvimento do pênis.

Então fica claro que a masturbação não interfere no comprimento peniano, isso vai depender da saúde do homem, e não do quanto ele se masturba. Mas existem meios que podem ajudar os homens à aumentar o tamanho do pênis, leia aqui.

Perder a virgindade

Ao começar a se masturbar, principalmente os jovens, tem a preocupação, será que a masturbação faz perder a virgindade? Alguns jovens ficam excessivamente preocupados, por isso precisam levar em conta alguns fatos.

O que pode acontecer é a mulher introduzir alguma coisa na vagina e isso romper o hímen ao se masturbar, mas isso não é decisivo para afirmar que ela não é mais virgem, pois até então ela não teve nenhum contato físico.

Nos tempos antigos, existia a ideia de que a masturbação provocava loucura. E essas histórias eram passadas de geração em geração para assustar os jovens.

São muitos mitos e verdades sobre esse assunto. Na verdade percebemos que existem mais mitos. É importante quando tiver dúvidas procurar alguém que entende do assunto.

Se você não conhece bem o seu próprio corpo, seus órgãos genitais e como eles funcionam, pode experimentar a masturbação. A mão humana possui cerca de 40 mil terminações nervosas.

Conclui-se que a masturbação não faz mal à saúde e pode sim ser praticada. É algo natural dos seres humanos. Vale lembrar que também é importante cuidar da saúde e higiene íntima, tanto as mulheres quanto os homens , veja o post sobre esse assunto. Por isso recomenda-se não introduzir coisas na vagina, pois isso pode causar infecções.

Voltar para lista

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.