A disfunção sexual, conhecida nomalmente como impotência sexual, traduz-se na incapacidade de atingir ou manter de forma consistente uma ereção, o que por sua vez dificulta a capacidade de ter sexo. Este problema costuma piorar devido a muitos homens não se sentirem confortáveis em procurar ajuda, o que leva a frustrações e desanimo e que por sua vez gera problemas nas suas relações. Se está com dificuldades em conseguir ejeções satisfatórias, seguem algumas dicas para que saiba como saber se tem disfunção sexual.

Como ocorrem as ereções?

Tudo o que tem a ver com o fluxo sanguíneo, quando alguma coisa ou situação excita um homem, o cérebro transmite impulsos para que as artérias do pênis se expandem, permitindo um maior fluxo de sangue até ao pênis, o que origina as ereções. Todos os homens em algum ponto de suas vidas sofrem de forma ocasional alguma dificuldade em manter ou conseguir uma ereção, mas quando o episódio se torna mais frequente, nesse momento fala-se de disfunção sexual.

Quais os sintomas da disfunção sexual?

Já vimos que o sintoma da disfunção sexual é a incapacidade de atingir ou manter de forma consistente uma ereção antes ou durante o ato sexual. Se o episódio ocorrer muito esporadicamente pode tratar-se de um caso isolado, mas se 20% ou mais dos encontros sexuais estiverem marcados por esta situação, é provavel que esteja sofrendo de disfunção sexual.

Principais causas da disfunção sexual

O envelhecimento é dos principais fatores que causam disfunção sexual masculina, porém, não é o único motivo para esta condição. Todos os homens são diferentes e ainda que muitos mantenham o seu desejo sexual ao longo da vida, outros sofrem uma quebra em certos momentos e devido a várias causas. As principais causas podem ser:

Causas psicológicas:

O stress e a ansiedade presentes no dia-a-dia, os problemas no relacionamento, a depressão e o seu tratamento, podem afetar o desejo sexual.

Problemas médicos:

Problemas de saúde como a diabetes, a obesidade, a hipertensão ou o colesterol elevado, também influenciam o desejo sexual, bem como alguns medicamentos antiaids e para a queda do cabelo.

Causas hormonais:

A testosterona é a hormona, que tanto no sexo masculino, como no sexo feminino, é responsável pelo desejo sexual. Em algumas doenças crónicas, devido a alguma medicação ou após a andropausa, os níveis de testosterona podem sofrer uma quebra, tendo consequências a nível da libido masculina. A sexualidade pode também ser afetada por baixos níveis de hormonas tiroides ou pela prolactina, produzida no cérebro.

Dopamina:

A dopamina é uma substância mensageira do cérebro, estando este órgão ligado intimamente ao desejo sexual. Baixos níveis de dopamina, frequentes em pessoas com depressão ou outras doenças neurológicas, estão comprovados interferir com o desejo sexual.

O que faço para superar a disfunção sexual?

A primeira coisa é deixar de lado os preconceitos sociais. A disfunção sexual é um problema tratável com uma solução, mas torna-se importante determinar a que se deve. Este sintoma pode ser a manifestação de um problema de saúde que desconhece, como os diabetes ou alguma condição do coração, mas não sendo a solução é muito mais simples!

Há algumas coisas que pode fazer para melhorar a qualidade das suas ereções. A primeira é levar uma dieta equilibrada com um bom consumo de frutos secos e peixe, cujo conteúdo de ômega 3 favorece a circulação, a segunda é aumentar a atividade física praticando esportes cardiovasculares, um dos melhores é a natação que aumenta de forma notável o fluxo sanguíneo.

As vezes basta algumas alterações de comportamento para melhorar a sua vida sexual, como por exemplo:

Alteracoes de comportamento

Deixe-se levar pelo momento:

Se a sua parceira ou parceiro quer fazer sexo e a sua vontade não é muita, não diga logo que não. Ceda às suas investidas e deixe-se levar pelo momento. O mais certo é que o desejo sexual adormecido desperte a meio da estimulação e consiga ter prazer.

Durma bem:

Dormir bem aumenta a produção de testosterona durante a noite, o que permitirá níveis mais constantes durante o dia e o aumento do desejo sexual, especialmente pela manhã.

Faça sexo noutros locais:

A ideia pré-concebida de que vai fazer sexo na mesma cama e no mesmo quarto de sempre podem ser desmotivadores. Considere outras divisões da casa que possam estimular mais o seu desejo sexual pelo simples fato de serem diferentes.

[Solução recomendada para resultados imediatos] Recorra a um afrodisíaco natural:
Virectil Turbo Homem é um afrodisiaco natural à base de ervas naturais, que é utilizado para tratar disfunção eréctil e para aumentar o apetite sexual. A fórmula avançada de

Virectil Turbo Homem permite aos homens conseguirem erecções rígidas num espaço curto de tempo, são necessários apenas 30 a 40 minutos para que o auge do seu efeito.

Virectil Turbo Homem é um afrodisiaco natural de ação prolongada e pode ser notado até 72 horas desde que exista um estimulo externo. Virectil Turbo Homem tem uma rica variedade de nutrientes que ajudam a melhorar a condição física e a performance sexual.

Virectil Turbo Homem é um afrodisíaco masculino extremamente potente estudado para melhorar a saúde sexual e vitalidade do homem, é muito popular principalmente entre desportistas em fases de maior cansaço e desgaste fisico, pois aumenta os níveis de testosterona e melhora os níveis de condição física.

Virectil Turbo Homem promove um aumento do fluxo sanguíneo no pénis e uma consequente melhoria da qualidade e consistência da erecção o que permite aos homens que sofrem de disfunção eréctil responderem de forma satisfatória a estimulação sexual.

Voltar para lista

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.