A maioria dos homens experimentam dificuldades de ereção em algum momento de suas vidas. E um número considerável de homens – até 20 por cento – experimentará a disfunção erétil moderada à grave em que eles têm dificuldade em obter ou manter uma ereção na maioria das circunstâncias (tanto com a masturbação e no sexo com alguém) durante um período de tempo.

Por isso, nesse artigo e no próximo, vamos focar em alguns detalhes sobre esse processo e principalmente, uma maneira que você consiga durar mais tempo na cama.

Namoro – Dicas para alcançar o sucesso
Psicologia feminina – Sinais que ela tem interesse sexual

Ereção e Ejaculação – Você pode durar mais (Parte 1) – #1 – Causas que dificultam as ereções

Dezenas de fatores podem influenciar as erecções e a ejaculação de um homem e nem todos eles têm a ver com o quanto ele sente atraído por sua parceira. Como apenas alguns exemplos, as ereções de um homem podem ser influenciadas por:

• Hormônios; • Sua idade; • Como ele se sente, emocionalmente; • Ansiedade de desempenho; • Tristeza; • A temperatura na sala; • Sua relação com sua parceira; • Condições médicas; • Medicamentos prescritos; • Fumar; • Medicamentos sem receita médica; • Saúde cardiovascular; • Medicamentos recreativos; • Estresse no trabalho; • Uso de álcool; • Cansaço; • Sentimento relaxado ou estressado. . . E muito, muito mais.

Ereção e Ejaculação – Você pode durar mais (Parte 1) – #2 – Mito comum

Um mito comum é que os homens podem controlar suas ereções e o tempo para ejacular, quando na realidade eles raramente têm muito a fazer sobre qualquer um. Isso pode ser doloroso para muitos homens. Afinal, se as mulheres se sentem excitadas, mas os corpos delas não cooperam – significando que fiquem com uma vagina não tão molhada – sempre podem adicionar lubrificante. O sexo pode prosseguir como de costume.

Quando os corpos dos homens não cooperam, entretanto, os homens sentem frequentemente como se tivesse falhado, como se fizeram algo errado. Sem uma ereção, muitos homens sentem que o sexo é ruim e eles podem sentir pressão extra se a sua parceira tenta recuperar sua ereção usando suas mãos ou boca para desesperadamente trazê-lo de volta à vida.

Ereção e Ejaculação – Você pode durar mais (Parte 1) – #3 – O básico sobre as ereções

O toque físico ou a estimulação mental pode estimular os nervos no pênis de um homem. O pênis então relaxa seus vasos sanguíneos, permitindo que o sangue flua mais facilmente e totalmente para dentro do pênis.

À medida que o pênis se torna maior, a pressão constringe uma veia que de outra forma deixaria o fluxo sanguíneo voltar para fora do pênis. O resultado é mais sangue que flui para o pênis do que para fora dele, “aprisionando” o sangue nos dois tecidos esponjosos chamados os corpos cavernosos.

Ereção e Ejaculação – Você pode durar mais (Parte 1) – #4 – O básico sobre as ejaculações

A ejaculação é desencadeada de uma forma um pouco misteriosa (os cientistas não entendem completamente) quando os homens atingem um certo nível de excitação física ou mental que os empurra para a borda.

Há duas fases para a ejaculação dos homens. A primeira fase é chamada de emissão: é quando o canal deferente ajuda a mover o esperma dos testículos para a parte de trás da uretra de um homem através de uma série de contrações. Os homens podem muitas vezes sentir essas contrações. Lá, na parte de trás da uretra, os espermatozóides se misturam com fluídos da próstata de um homem e vesículas seminais, criando uma mistura de fluidos que são finalmente chamados de “sêmen” quando combinados.

A segunda fase é chamada de expulsão e é quando o sêmen sai do pênis, geralmente em jorros. Uma vez que esta parte do processo começa, não há como detê-lo – que é uma diferença fundamental entre os orgasmos dos homens e os orgasmos das mulheres.

Ereção e Ejaculação – Você pode durar mais (Parte 1) – #5 – O básico sobre orgasmos

Falando de orgasmo, deve-se notar que a ejaculação dos homens e o orgasmo são duas experiências diferentes. Embora a grande maioria dos homens consiga experimentá-los como um e o mesmo (o que significa que quando eles conseguem um orgasmo, eles também ejaculam e quando eles ejaculam, eles também conseguem um orgasmo), alguns homens podem ou não experimentá-los como eventos separados.

Há homens que ejaculam sem experimentar qualquer sentimento de prazer ou euforia que seja comumente considerado como orgasmo. Além disso, alguns homens se ensinam a experimentar a excitação do orgasmo sem ejacular (isso às vezes é ensinado como parte de oficinas de sexo tântrico).

Um número grande de homens se educaram a separar os orgasmos da ejaculação. Alguns tentaram por curiosidade, mas pensaram que, no final, não era nada particularmente agradável para eles. Outros homens gostam muito de ter orgasmos enquanto atrasam sua ejaculação real. Como a maioria das áreas do sexo, parece ser uma questão de preferência individual.

Nesse artigo nós vimos o básico de tudo, a leitura desse artigo é fundamental para que você entenda o próximo. Esteja atento ao novo artigo, que será publicado segunda-feira, onde vamos ver duas técnicas para durar mais tempo na cama.

Ereção

 

Voltar para lista

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.